Connect with us

Saúde do Corpo

Saiba como prevenir o infarto e outras doenças cardiovasculares

As doenças cardiovasculares, como o infarto e o acidente vascular cerebral (AVC), matam cerca de 300 mil brasileiros por ano, sendo a principal causa de morte no país. Tendo em vista a gravidade dos números, é natural e esperado que a medicina estude a fundo esse tipo de doença, suas causas e tratamentos.

Talvez seja por isso que não existem muitas dúvidas sobre o que fazer para prevenir doenças cardiovasculares. Ao contrário, há total convicção de que vários dos fatores de risco, condições que aumentam a chance do aparecimento de uma doença, podem ser controlados por cada um de nós.

São eles: fumo, alimentação inadequada, obesidade, falta de exercícios físicos, colesterol alterado, diabetes, pressão alta e estresse.

Outros fatores, no entanto, como idade e história de doença cardíaca familiar, não podem ser mudados. Nesses casos, as pessoas devem, mais do que qualquer um, realizar visitas regulares ao cardiologista e fazer exames de rotina (além de seguir as dicas abaixo, é claro).

Dicas para prevenir as doenças cardiovasculares

Controle o colesterol ruim
O colesterol, substância fundamental para a saúde, é produzido pelo organismo, mas adquirido principalmente pelo consumo de alimentos gordurosos. Como ele não pode se dissolver no sangue, o que não é aproveitado acaba sendo eliminado pelo fígado – com a ajuda de um verdadeiro “faxineiro”, o colesterol bom (HDL).

O problema é que, em excesso, o colesterol, nesse caso o ruim (LDL), acaba acumulando-se nas paredes das artérias. Com isso, pode causar a obstrução do fluxo sanguíneo para o coração e gerar diversos problemas como aterosclerose, angina, infarto etc.

O controle do colesterol ruim, portanto, é fundamental para prevenir doenças cardiovasculares. E o principal passo para isso é investir em uma alimentação adequada. Conheça 11 dicas valiosas para baixar o colesterol ruim.
http://blog.goldencross.com.br/materia/11-dicas-para-baixar-o-colesterol-ruim
2. Pratique atividade física

Ao praticar exercícios físicos, você utiliza suas reservas energéticas, ajudando na redução da gordura corporal e, consequentemente, na diminuição do colesterol ruim do sangue.

Há mais benefícios: um estudo realizado recentemente nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha descobriu que exercícios físicos podem ser tão eficientes no combate a doenças cardíacas quanto remédios. Entenda.

Diante disso, que tal começar a praticar atividades físicas? Conheça algumas dicas que vão ajudá-lo nos primeiros passos.

Mas atenção: se você tem alguma doença cardiovascular, suspeita ou confirmada; mais de 60 anos; diabetes; pressão alta; e/ou obesidade acentuada, deve passar por uma avaliação médica antes de iniciar seus exercícios.

3. Pare de fumar agora!

O cigarro tem substâncias que facilitam a adesão de placas de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos. Com isso, a formação de coágulos, condição para o infarto, acaba também sendo mais rápida nos tabagistas.

Não se engane: de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), fumantes têm três vezes mais chances de sofrer um ataque cardíaco do que as pessoas que não fumam.

4. Cuidado com o diabetes

O pâncreas da pessoa com diabetes produz menos insulina, o que prejudica a transformação do açúcar do organismo em energia. Com isso, ele permanece no sangue e seu excesso favorece o acúmulo de gorduras na parede arterial. O risco de ocorrência de infarto em diabéticos, assim, é de até quatro vezes maior do que em um indivíduo que não tem a doença.

Previna-se do diabetes: os fatores de risco dessa doença são muito similares aos das doenças cardiovasculares: vida sedentária, pressão alta, colesterol alterado, obesidade, entre outros.

5. Mantenha a calma e fuja do estresse

O estresse pode ser muito perigoso. Tanto o estresse agudo (de começo rápido) quanto o crônico (de longa duração) provocam excesso de atividade do sistema nervoso; podem elevar a pressão arterial e os níveis de colesterol; e ainda estimular o vício de fumar.

Quer uma dica para fugir do estresse? Que tal se aproximar mais da natureza?

6. Fique de olho na balança

Pesquisas mostram que mais da metade dos brasileiros, mais precisamente 56,9%, estão com excesso de peso; e que 20,8% deles são considerados obesos (saiba mais).

Esses dados são graves porque a obesidade reduz a qualidade de vida e pode acarretar graves problemas de saúde, como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes, entre outros.

7. Controle a hipertensão arterial

Quando a pessoa tem pressão alta, o coração precisa fazer mais força para bombear o sangue. Com isso, tanto o próprio coração quanto os rins e os vasos sanguíneos ficam sobrecarregados, aumentando o risco de infarto ou AVC.

Os principais fatores que contribuem para o indivíduo sofrer de hipertensão arterial são: consumo exagerado de sal, estresse, obesidade e sedentarismo (além de fatores genéticos).

Fique atento: a única maneira de saber se você tem pressão alta antes de ocorrer uma complicação grave é medindo sua pressão arterial regularmente.

Dica final

Não importa sua idade, sexo ou histórico familiar. A melhor forma de prevenir doenças cardiovasculares é, além de realizar mudanças no estilo de vida, procurar regularmente um clínico geral ou cardiologista.

Esses profissionais irão solicitar exames, acompanhar sua saúde e apontar as medidas necessárias para que você fique longe das preocupantes estatísticas causadas por essas doenças.

Saiba mais

Cartilha de Prevenção Cardiovascular: elaborada pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, essa cartilha tem diversas dicas práticas para evitar as doenças cardiovasculares.
http://www.saude.sp.gov.br/resources/ses/perfil/cidadao//cartilha_prevencao_cardiovascular.pdf

Portal Coração Alerta: dicas para evitar o infarto com diversos links interessantes.
https://coracaoalerta.com.br/fique-alerta/confira-7-dicas-para-evitar-um-infarto/?catsel=

Fonte: Golden Cross

Continue Reading
Click para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Veja Também

Copyright © 2018 Dr.Saúde Seu mais novo canal da saúde. Desenvolvido por ag2one.com