Connect with us

Saúde Agora

SP começa campanha contra o sarampo na segunda-feira (10)

SP começa campanha contra o sarampo na segunda-feira (10) 1

Campanha vai até 12 de julho, com “Dia D” em 29 de junho; objetivo é vacinar 2,9 milhões de pessoas, sendo o público-alvo a faixa etária de 15 e 29 anos

A cidade de São Paulo começa uma campanha contra o sarampo nesta segunda-feira (10). O Ministério da Saúde havia divulgado que a campanha seria nacional, mas nesta sexta-feira (8) afirmou que ela se restringirá a São Paulo.

A meta é imunizar 2,9 milhões de pessoas. Segundo a Secretaria de Estado de São Paulo, a medida foi definida com o Ministério da Saúde e a Prefeitura de São Paulo ao considerar que a capital é “um grande ponto de chegada e saída

A campanha vai até 12 de julho, sendo o “Dia D” em 29 de junho. O público-alvo são pessoas entre 15 e 29 anos. “Essa faixa etária é mais vulnerável a infecções, tendo em vista a menor procura pela segunda dose da vacina”, afirmou a secretaria por meio de nota.

Neste ano, foram regitrados 51 casos de sarampo no Estado de São Paulo, contra apenas 3 no ano passado.

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba e está disponível durante o ano todo nos postos de saúde.

Ela deve ser ministrada em duas doses, sendo a primeira aos 12 meses e a segunda aos 15 com a tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela). O imunizante é contraindicado para gestantes e imunodeprimidos.

A secretaria afirma que, no ano passado, o Estado de São Paulo ultrapassou a meta de vacinar 95% das crianças contra sarampo. Foram imunizadas mais de 2,1 milhão de menores na faixa de 1 a menores de 5 anos, o que corresponde a 97% do público-alvo. Na capital, a cobertura foi de 95,9%.

Como posso me proteger contra o sarampo? Receber duas doses da vacina contra o sarampo após os 12 meses de idade é a única maneira de se prevenir da doença. O esquema vigente do Ministério da Saúde para crianças é o de uma dose da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) ao 1 ano de idade e uma da quadrupla viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela) ao 1 ano e 3 meses de idade. Para quem não se vacinou no período, a tríplice viral é oferecida gratuitamente em duas doses até os 29 anos ou em uma dose dos 30 aos 49 anos. Os demais podem recorrer às clínicas privada.

 

Fonte: www.noticias.r7.com

Continue Reading
Click para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Veja Também

Copyright © 2018 Dr.Saúde Seu mais novo canal da saúde. Desenvolvido por ag2one.com