Connect with us

Saúde Alimentar

Vegetarianismo, fome oculta, segurança alimentar: além da escolha saudável

Vegetarianismo, fome oculta, segurança alimentar: além da escolha saudável 1

Antes de realizar qualquer dieta é necessário consultar um especialista para receber orientações nutricionais adequadas.

Por muitos anos, os profissionais de saúde continuadamente informaram aos pacientes e a população de forma geral, conceitos relacionados à escolha saudável, criando a ideia de que reduzir gordura saturada, sal e açúcar, aliado ao consumo de frutas, legumes e vegetais finalizaria o processo de saúde e prevenção de doenças. Na verdade, o entendimento atual conduz a uma nova série de observações críticas, desde a escolha, passando pela aquisição e terminando na ingestão dos alimentos.

O mundo vegetariano: essa é uma dúvida frequente no meu consultório. Os pacientes, com dietas mal orientadas, podem apresentar déficits de peso, deficiências na dosagem sanguínea de vitaminas (B12 e D), ferro, cálcio e zinco, bem como de proteínas e funções metabólicas. Com isso, desenvolvem anemia, deficiências ósseas, queda da imunidade e perda da massa magra (músculos), além de algumas variações hormonais.Nesses pacientes, é muito importante a avaliação clínica e laboratorial rotineira.

A avaliação individual correta pode prevenir problemas sérios de saúde, liberando à prática alimentar no mundo vegano com maior segurança. Eu tenho especial atenção em pacientes idosos, executivos(as) com alimentação irregular, praticantes de atividade física intensa, gestantes e crianças em crescimento, sem falar em períodos de pós internação hospitalar.

Tipos de dieta

Existem diversos grupos dentro do mundo vegetariano:

  • Vegetariano: Não come nenhum tipo de carne;
  • Ovovegetariano: Não come nenhum tipo de carne e de ovos;
  • Lactovegetariano: Não come nenhum tipo de carne, leite e derivados. Come ovos;
  • Ovolacteovegetariano: Não come nenhum tipo de carne, leite e derivados e ovos;
  • Vegetariano estrito: Não come produtos de origem animal de forma radical, não ingere mel, por exemplo;
  • Vegano: Semelhante ao vegetariano estrito, também não consome produtos testados em animais.

Outra moda, paralela ao mundo vegetariano é a da dieta flexitariana. Essa é uma das novidades no mundo fashion das dietas da moda. O trabalho, que gerou a fama, foi publicado em uma revista conceituada: Journal of Obesity and Metabolic Disorders. Basicamente indica restrição calórica, escolha balanceada dos alimentos e macronutrientes e ingesta de carne (qualquer tipo), duas vezes por semana.

Fonte: www.veja.abril.com.br

Continue Reading
Click para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Veja Também

Copyright © 2018 Dr.Saúde Seu mais novo canal da saúde. Desenvolvido por ag2one.com